Carlos Guedes

Carlos Guedes tem uma actividade multifacetada em composição, contando com diversas encomendas de trabalho musical para dança, cinema, teatro, instalações, para além da música tradicional de concerto. O seu trabalho tem sido apresentado internacionalmente especialmente na Europa, EUA, e mais recentemente Médio Oriente.

Trabalhos recentes incluem música para o filme  “La revoyure” (2013, flauta alto, orquestra de cordas, guitarras, piano mecânico e electrónica), “Ai o caraaa…” (Manobras no Porto, 2012), peça de música electrónica para 4 canais em suporte fixo, “Concerto X” (Guimarães CEC, 2012) para grande ensemble, ensemble de improvisadores, música electrónica e gamelão robótico (composição colaborativa com Filipe Lopes, Gustavo Costa, José Alberto Gomes, Pedro Rebelo, Rui Dias e Rui Penha), música para “O acidente” (Guimarães CEC 2012), peça de teatro encenada por Igor Gandra para o Teatro de Ferro.

Carlos Guedes é doutorado em composição pela New York University (2005), e  leccionou na ESMAE-IPP entre 2002 e 2013, ESART –IPCB (2005-2009), U Porto (2009 – 2013). É actualmente Prof. Associado  e Director do Programa Musical da New York University em Abu Dhabi, EAU.

Carlos Guedes desenvolveu também actividades de investigação em sistemas musicais interactivos no INESC TEC, onde foi co-fundador do Sound and Music Computing Group. A aplicação GimmeDaBlues para iOS, desenvolvida pela equipa liderada por Carlos Guedes, ganhou o 1º Prémio do Prémio ZON 2011, categoria de aplicações Multimédia.

Para mais informações visitar carlosguedes.org.

carlosjuedes2